quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Terapia Cognitiva

Na Terapia Cognitiva as técnicas com imagens mentais são utilizadas tanto em transtornos de ansiedade quanto em transtornos de personalidade.

De acordo com Beck & Emery (1985 apud BECK, 1997, p. 235), muitas pessoas experimentam “pensamentos automáticos” não apenas como palavras não faladas em sua mente, mas também em forma de figuras ou de imagens mentais. A terapia cognitiva ensina os pacientes identificarem essas imagens espontâneas, que segundo Beck (1997) são com freqüência breves e perturbadoras, e intervir terapeuticamente tanto com elas como com imagens induzidas.

Segundo Beck e Freeman (1993, p. 69), "simplesmente falar sobre um evento traumático pode dar um insight intelectual sobre por que o paciente tem uma auto-imagem negativa, por exemplo, mas de fato não modifica a imagem. Para modificar a imagem, é necessário retornar no tempo, recriar a situação tal como era. Quando as interações são trazidas à vida, a construção errônea é ativada – juntamente com o afeto – e a reestruturação cognitiva pode ocorrer."

Judith Beck descreve vários exemplos de técnicas utilizadas na terapia cognitiva, no livro “Terapia cognitiva: teoria e prática” (1997, p. 239): “seguindo as imagens até sua conclusão”, “seguindo a frente no tempo”, “enfrentando o conflito na imagem visualizada”, “alterando a imagem visualizada”, “testando a realidade da imagem”, “repetindo a imagem”, “substituindo, interrompendo e distraindo-se das imagens”.

A visualização mental também é usada na técnica do “ensaio cognitivo”, que se refere ao ensaio detalhado e imaginário de uma determinada tarefa, como por exemplo, sair de casa ou vencer o medo de falar em público (FEILSTRECKER; HATZENBERGER; CAMINHA, 2003).

BECK, Aaron; FREEMAN, Arthur. Terapia cognitiva dos transtornos de personalidade. Tradução Alceu Edir Fillman. Porto Alegre : Artes Médicas, 1993.

BECK, Judith S. Terapia cognitiva : teoria e prática. Porto Alegre : Artes Médicas, 1997.
FEILSTRECKER, N.; HATZENBERGER, R.; CAMINHA, R. M. Técnicas cognitivo-comportamentais. In: CAMINHA, Renato Maiato; WAINER, R.; OLIVEIRA, M.; PICCOLOTO, N. M. (Org.). Psicoterapias cognitivo-comportamentais : teoria e prática. São Paulo, 2003.

3 comentários:

Dide disse...

Não sei por quê, mas acho que esse texto foi escrito pra mim. Brincadeira, mas que calou fundo calou, isso calou...

Anônimo disse...

Olá !!!

Preciso saber o que é a teoria de Beck I ??
O meu grupo precisa apresentar um trabalho mostrando este assunto e nem sabemos por onde começar..

Urgenteeeee
Dany

rosana disse...

tenho tpb e gostaria muito de um dia poder fazer este tipo de terapia